Home
Sobre Antonio Miranda
Currículo Lattes
Grupo Renovación
Cuatro Tablas
Terra Brasilis
Em Destaque
Textos en Español
Xulio Formoso
Livro de Visitas
Colaboradores
Links Temáticos
Indique esta página
Sobre Antonio Miranda
 
 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


DETRÁS DEL ESPEJO
DO AZUL MAIS DISTANTE
Eu, Konstantinos Kaváfis de Alexandria
GRITO INTERROMPIDO
POESIA NO PORTA-RETRATO
São Fernando Beira-mar DEL AZUL MÁS DISTANTE / DO AZUL MAIS DISTANTE   POEMI DI ANTONIO MIRANDA
 
 

Livros e opúsculos literários de Antonio Miranda publicados nos últimos 40 anos incluindo poesia, ensaio e  novelas. As obras técnicas e científicas do autor estão na seção dedicada à  Ciência da Informação.

TÍTULOS PUBLICADOS (em ordem cronológica decrescente):

 

. FLAGRANTES DE LEITURA Livro-de-artista de Antonio MIRANDA.  Fotos: Ricardo Rodrigues.  Versos:  Antonio Miranda. Brasília, DF: Poexílio, 2017.  Livro-de-artista, edição inconsútil de 27 folhas (soltas) fine-art, acondicionadas em caixa artesanal. 6 exemplares assinados pelos autores. Material previamente exposto na Casa do Brasil, em Madri, Espanha, em 2017. Ilus.       P&b.  23x31,5 cm.  

 

. AOS ENTES – livro-de-artista de ANTONIO MIRANDA - Brasília, DF: Poexilio, 2017.  s.p. [34 p.] Livro-de-artista, inconsútil, ilustrado (col.) com poemas visuais do autor, capa dura costurada.  Tiragem: 9 exs. 

. DIALOGANDO COM NIETZSCHE ALÉM DO BEM E DO MAL - – poiesofia de Antonio Miranda. Editora Patuá, 2016.

 

. CONTROVERSOS –POEMAS de ANTONIO MIRANDA e XILOGRAVURAS de ABRAÃO BATISTA – LIVRO-DE-ARTE –  Editora Poexílio, 2016

 

. JESUCRISTO ASTRONAUTA  autosacramental sobre lo profano y lo divino.  Texto poético e letras de música de Antonio Miranda, música de Xulio Formoso, direção teatral de Carlos Gimenez.

ARTE VERBAL 1959-2015 – de Antonio Miranda. Livro inconsútil, acondiciconado em caixa artesanal, incluindo também um folheto, um CD de poesia animada e livro.

POEMAS - Versão russa e notas por Oleg Almeida.   Brasília, DF: Poexílio, 2015.  Ilus. col.  21x29,5 cm.  Edição artesanal de 9 exs. assinados pelo autor. Páginas sem numeração. Encadernado. Edição bilíngue Português e Russo.  /

 

. DA NIRHAM EROS: CARTA A MANUCHO , de [Antonio Miranda].  Jaboatão, PE: Editora Guararapes EGM, 2015. 46 p. ilus. col. Edição artesanal, tiragem limitadíssima.

 

. DELIRIUM TREMENS – tríade poética: ANTONIO MIRANDA, ZENILTON GAYOSO, SALOMÃO SOUZA.      Brasília, DF: Editora Poexílio, 2014. [45] p. 16,5x16,5 cm.  Projeto gráfico e ilustrações de Zenilton Gayoso.  Edição alternativa de 12 exemplares, confeccionados manualmente. Impressão sobre papel Marrakech, Linha Plus 120 g/m2, na cor Noz Moscada, e capa executada em papel Clear Plus, 230 g/m2, acondicionamento em luva artesanal.

 

. SEI NÃO – poiesofia – poemas de ANTONIO MIRANDA e fotografias de SILVIO ZAMBONI. Brasília, DF: poexílio, 2014. 26 exemplares assinados pelos autores. 32X23 cm. Edição inconsútil, em caixa de papelão revestida de papel artesanal.Foi produzido em impressora Epson Stylus Pro 3880, fotografias em papel fine art Hahnemühle Photo Luster 260 gsm, sendo 26 fotos sem índice, poesias sobre papel Marrakech 90g/m2, em edição inconsútil (folhas soltas), E-book do livro no ISSUU:
https://issuu.com/antoniomiranda/docs/sei_n__o

  • CÉSAR VALLEJO : SETE POEMAS & UM ENSAIO DE ANTONIO MIRANDA SOBRE O AUTOR - Traduções de Anderson Braga Horta, Antonio Miranda e Fernando Mendes Vianna. Edição bilíngue. [Inclui também] poema e ensaio Intertextualizando César Vallejo, por Antonio Miranda.

     

  • IMAGEM&AÇãO - ANTONIO MIRANDA - Livro-de-artista Gomez de Zamora (caixa , 2014)

     

  • autorretrato. poema.  Jaboatão, PE: Editora Guararapes, 2014.  8 p.  20x13 cm  ilus, Editor: Edson Guedes de Moraes.  Edição artesanal. Tiragem: limitadíssima.

  • LAS 4 ESTACIONES de Antonio Miranda. Inclui 4 obras do autor: Tu país está feliz (1971), San Fernando Beira-Mar (2006), Yo Konstatinos Kaváfis de Alejandría (2007) e Creador de mí ( 2011).  Edição da Alcaldía de Caracas, na Colección Autores Latinoamericanos.

  • METAPOESIA DE JOÃO CABRAL DE MELO NETO – palestra de Antonio Miranda pela Sol Negro Edições, de Natal, RN, em 2013, 70 exemplares numerados. 
  • LAS 4 ESTACIONES de Antonio Miranda. Inclui 4 obras do autor: Tu país está feliz (1971), San Fernando Beira-Mar (2006), Yo Konstatinos Kaváfis de Alejandría (2007) e Creador de mí ( 2011).  Edição da Alcaldía de Caracas, na Colección Autores Latinoamericanos.

     

  • INFÂNCIA. Brasília: Poebiblio, 2014.  -04 exemplares. Livro de Antonio Miranda, com poemas da infância do poeta e ilustrações de Roland Grau, com fotos e imagens, seguidos de um texto de Lilian Bernardes —Pesquisador brasileiro eminente: trajetória  de desenvolvimento e realizações  - Eminent Brazilian researcher: career development and achievements, incluindo uma xilogravura original de Abraão Batista.

     

  • ZAMORA, Gómez de; MIRANDA, Antonio.  Laberinto  - veinte y ocho caligramas y un poema.  Brasília: Poexilio, 2014.  Livro inconsútlil, folhas soltas com 28 caligramas de Gómez de Zamora e um poema de Antonio Miranda, bilíngue português e espanhol, impresso sobre papel  Filipaper Grtanito 180 g;m2, nas cores natural, blue e greeen. Os textos foram compostos e fonte Arial. Acompanha a edição caixa artesanal (e projeto gráfico de Zenilton de Jesus Gayoso Miranda) recoberta com tecido. Edição limitada a 30 exemplares, numerados e assinados pelos autores. 
  • COLOQUI AIS.    Brasília:  2014.  60 p.   11,5x14 cm  Livro de artista, exemplar único, texto manuscrito pelo autor sobre papéis de diversas cores, de um livreto artesanal (“hecho a mano”) feito pelo artista nicaraguense Maria Madrigal, ilustrado com duas gravuras coloridas sobre papel artesanal, de artista anônimo também da NIcaragua.  Exemplar doado para a coleção de Zenilton de Jesus Gayoso Miranda.  Ver e-book:  http://issuu.com/antoniomiranda/docs/coloqui_as
  • CÍRCULOS. Brasília: Thesaurus. Poexílio, 2012.  86 p. 13,5x21 cm.  ISBN 978-85-409-0135-3    Breve antologia de poemas de Antonio Miranda, a maioria em forma bilíngue Português e Espanhol. autoria de Zenilton de Jesus Gayoso Miranda. Edição relativa à participação de Antonio Miranda nos dois festivais de poesia, no caso do México como representante da Língua Portuguesa.

  • POEMAS DE ANTôNIO MIRANDA EM CARTÕES PARA O NATAL DE 2012.

    Piedade, Jaboatão dos Guararapes: Editora Gurarapes EGM, 2012.  Inclui 21 cartões ilustrados, com os poemas: Bestiário 1, Bestiário 2, Bestiário 3, Bestiário 4, Bestiário 5, Barco à deriva, Paisagem reflexa, A casa em que nasci, Alameda sem-fim, Sombras somadas, Confissão, Veritas, Eco, Agonia, Círculos, Antepasto, Depois da morte, A quem possa interessar, Do outro lado da vida, Intraduzível, Antes de nascer eu ouvia.  12x16 cm.  Tiragem: seis caixas de cartão duro com os 21 cartões. Editor: Edson Guedes de Moraes, produção artesanal.  Col. A.M. (EA)

 

  • CRIADOR DE MIM poemas de Antonio Miranda.  São Pedro de Alcântara, SC: Edições Nephelibata, 2012.  53 p.  Capa e ilustrações de Roland Grau

 

  • PANTANAL – MAR DE XARAÉS :  poema de Antonio Miranda, foi publicado em homenagem ao educador Pedro Chaves dos Santos. Inclui 11 fotografias do poeta que registram uma “comitiva” de pantaneiros, tomadas em 2006, e uma imagem do homenageado (fotógrafo Miguel Palácios), impressas sobre papel Evenglow 120 g/m2, com guarda de papel Clear Plus 92 g/m2.
  • IMAGEM&AÇÃO (poema-ensaio – um poema textual sobre o imagismo) por Antonio Miranda.  Brasília: Poexílio, 2012.  56 folhas formato A4 acondicionadas em caixa de plástico transparente.
  • DEBAJO DE LA PIEL, de Antonio Miranda - Edición bilíngue Castelhano – Português  da Casa del Poeta Peruano, Lima, 2012.
  • [ CARTÕES COM POEMAS ] MIRANDA, Antonio. [Cartões com poemas]. Jaboatão dos Gurarapes, PE: Editora Gurarapes – EGM, 2011. 12 cartões dobrados com 12 poemas de Antonio Miranda, com ilustrações (desenhos e fotos).
  • O MEARIM – poemas de Antonio Miranda / Ilustrações de Zenilton de Jesus Gayoso Miranda.  Brasília: Edição do Autor, 2011.  s.p. [18 p.]  Impresso na Gráfica Thesaurus.  Edição de arte, 50 exs. numerados e assinados pelos autores.
  • POEMAS PERNAMBUCANOS – de Antonio Miranda/ Da Nirham Eros. 
    Jaboatão, PE: Editora Guararapes, 2011.  42 p. ilus
  • TU PAÍS ESTÁ FELIZ - 12ª edição – Edição bilíngue português – russo, tradução de Oleg Almeida. Brasilia, 2011.


  • Caisnaviomar – poesgoespaço de DA NIRHAM EROS [pseudônimo de Antonio Miranda. Washington, DC: 2011.  25,5X17,5 cm.  Impressão gráfica e elaboração artesanal do livro-poema. Exemplar único?  Poesia visual.

     

  • LABERINTO [Laberinto[ Poema visual de Antonio Miranda e Gómez de Zamora
    Madrid, 2011. Exemplar único, desenhos sobre papel manteiga, em caixa de papelão
  • ARTEFICIO /  ARTEFACTO – livro de arte: poemas de Antonio Miranda (haicais, haicais visuais, aforismos, poemas visuais, etc até então inéditos e fotografias de um artefacto de Gómez de Zamora. Edição artesanal de 12 exemplares, folhas soltas acondicionadas em caixa de papelão revestida de pano. Edição fora de comércio, formato tamanho oficio.  Assinados pelos autores e distribuídos exclusivamente para Antonio Carlos Secchin, Ésio Macedo Ribeiro, José Fernandes, Oto Dias Becker Reifschneider, Sylvia Cyntrão, Wlademir Dias Pino / Regina Pouchain, Zelia Bora e  1 exemplar para a Biblioteca Nacional de Brasília
    e 2 exemplares para a reserva técnica. Brasília, 2010. Disponível um e-book do livro em www.antoniomiranda.com.br

  • NO HOSPITAL
    Poema de Antonio Miranda
    edição artesanal de 08 exemplares, registrando texto do poeta escrito durante sua internação em hospital em Brasília, 2010. Fora de comércio, para amigos.
    Foto design: Juvenildo Barbosa Moreira. Capa costurada com papel reciclado. Exemplares assinados pelo Autor.
  • POESIAGRAS - versos de Antonio Miranda
    em cápsulas dentro de uma frasco plástico... obra do artista e editor Edson Guedes de Morais, Editora Guararapes - EGM, Recife, Pernambuco, Brasil, 2010. Confira....

  • DE ORNATU MUNDI
    Brasília: LGE; Jardim Botânico de Brasília, 2010.  80 p. ilus. col.  21 xm x 21 cm - 2000 exemplares fora de comércio. Alguns exemplares estampam poemas manuscritos do  poeta nas páginas finais do livro.  

  • POETA ANTONIO MIRANDA. Org. de Edson Guedes de Morais
    Jaboatão dos Gurarapes. PE: Editora Guararapes EGM. 2010. 

Estojo de madeira (    cm     cm) contendo mini-edições (  cn X   cm) de poemas de 6 páginas cada uma sendo que os mais longos foram desdobrados em vários folhetos  independentes

  • Tu país está feliz
    Edição em Português, 11ª. edição, 2ª. em português, editada em Brasília pelaThesaurus, em 2004  - 58 p. Editada com o apoio do FAC
    Veja a capa e leia a apresentação “Uma cantata irreverente”, escrito pela pesquisadora Elga Pérez-Laborde.
  • São Fernando Beira-mar
    Edição artesanal da editora DULCINÉIA CATADORA. São Paulo, 2007 Capa de cartão coletado na rua e pintada por crianças. Este longo poema de Antonio Miranda já eve duas edições pela Thesaurus Editora de Brasília e duas pela Eloisa Cartonera,
    ( a primeira em Buenos Aires e a segunda lançada durante a Bienal de São Paulo) – vide links mais abaixo nesta página...)
  • Eu, Konstantinos Kaváfis de Alexandria
    Brasília: Thesaurus Editora, 2007.  48 p. ilus. Um livro-poema com 14 cantos em que se revela a sensibilidade e o pensamento de grande poeta egípcio-grego sobre sua obra e sobre os preconceitos e valores de seu tempo (início do século XX). Um texto que está entre a interpretação livre e a metapoesia,.

  • Despertar das Águas.
    Poemas escritos entre 2004 e 2005 em formato assumidamente discursivos, próprios de um desmemorial. Brasília: Thesaurus, 2006. 84 p.
  • Canções Perversas
    Libreto com os poemas e as letras das canções do recital lírico-musical "Canções perversas". Texto-programa do espetáculo. Brasília: Thesaurus, 2005. 32p. Ilustrações de José Campos Biscardi. Leia texto integral.  
  • 25 Poemas
    Antologia de poemas de Antonio Miranda. Campo Grande: Ed. Uniderp, 2004. 51 p. ilusApresentação do Reitor Pedro Chaves dos Santos Filho. Prefácio Zorrillo de Almeida Sobrinho, membro da Academia Sul-Matogrossense de Letras. Design gráfico de  Gutenberg Weingartner.
  • Retratos & Poesia Reunida
    Livro com poemas recentes e outros de fases anteriores que estavam dispersos em publicações avulsas. Apresentação de Xavier Placer, poeta e membro da Academia Niteroiense de Letras (RJ). 1ªEd. 104p.Livro de poesia. Brasília, Thesaurus, 2004. Patrocínio do Fundo de Amparo à Cultura - FAC/DF. 
  • Perversos
    Perversos é uma experiência de conjugação de sentidos e formas sem pretender ser ideogramática, partindo da sensação para a formulação verbal, palavras coisas, substantivadas, para serem lidas, salivadas. Escritas numa simulação de iras e humores, de possessões e fugas, numa intimidade com os ritmos e volumes das palavras mesmas porquanto o poema é uma realidade vivencial na sua criação, o poema instaura se no mundo como algo que se pode manipular, usufruir, fantasiar, consumir e participar o poema é sempre lúdico e ditirâmbico, algo hedonista, alienante e paradoxalmente também denunciante. Umas vezes sugere, noutras é óbvio, mas o universo da leitura é também o da recriação, depende de nossa capacidade de apreender, da nossa própria abertura e tolerância. 1ªed. 2003. 93p.
  • A SENHORA DIRETORA e outros  contos.  Ilustrações de Zenilton de Jesus Gayoso Miranda.  Brasília: Thesaurus, 2003.  
    As três primeiras histórias de A Senhora Diretora desenrolam-se no âmbito de repartições ligadas ao livro– bibliotecas, fundações de fins culturais– e suas personagens são bibliotecários, professores, assessores. Mas o livro não é monocórdio. Variam os ambientes. O mais belo dos contos será, talvez, Atemporal – resgate de situação feliz perdida nos idos da juventude. Rivaliza com ele Memórias de Adolescente ou As Confissões do Absurdo, sobre as incertezas e os descobrimentos da iniciação sexual, com destaque para as variações biolingüísticas do Autor a partir do verbo –de sua invenção– aindar. O penúltimo, Happy Hour, Happy End, é um mélange curioso e fantástico das histórias anteriores. Funciona como fecho, pois o último conto, Memória da Pele, é, embora isso não se explicite, reclame do próximo livro, que se prefigura da qualidade deste – forte e ressumante de vida. Brasília, Thesaurus, 1a Edição, 2003, 150p. Ilustrado. 
  • Canto Brasília
    Brasília: Thesaurus, 2002, 93p. Livro de poesia em edição especial comemorativa do centenário de Juscelino Kubitschek. 
  • Horizonte Cerrado
    Brasília: Thesaurus, 2002, 143p. Novela publicada sob os auspícios da Secretaria de Cultura do Governo do Distrito Federal - FAC/DF.
  • Manucho e o Labirinto
    São Paulo: Global, 2001. 182p. Romance centrado em diálogo com o escritor argentino Manuel Mujica Láinez. 
  • Brasil, Brasis.
    Poema-livro composto de 7 Cantos revelando impressões e visões de um país de contradições e valores em conflito, em que a ira e o humor tecem imagens e idéias em torno de nossa "unidade na diversidade". Publicado durante as comemorações dos 500 anos do Descobrimento do Brasil. 1ªEd. 1999. 72p.Livro de poesia. Brasília, Thesaurus, ilustrado. R$ 15,00. 
  • Calzoncillos con nubes ó si prefieren S.O.S Colombia.
    Texto-programa do espetáculo poético-musical do mesmo título, a partir de poemas de Antonio Miranda e músicas de Stephen Riedel, montado em Bogotá, Coômbia, em 1972, no Teatro Popular de Bogotá, pelo Grupo Renovación, direção do autor.  Edição tipográfica rústica.

Leia os poemas:

CREDO

VERSO Y REVERSO       

Leia sobre o Grupo RENOVACIÓN...

  • Tu País Está Feliz
    Brasília: Thesaurus, 2001, 94p. Poemas originais nas versões portuguesa e espanhola, com edições na Venezuela, em Porto Rico e no Brasil. . O espetáculo musical baseado nos textos apresentou-se em muitos países.Décima Edição Comemorativa dos 30 anos do lançamento original.A décima primeira é em português (2005).
  • Relógio, não marque as horas: crônica de uma estada em Porto Rico 
    É segundo o autor
    "Um texto profundo sobre coisas superficiais, uma obra irresponsável sobre questões sérias". Irônico com sua própria geração, Miranda aposta (debochado) numa literatura cheia de sutilezas e bom humor. Vale a pena conferir o texto de uma obra esgotada no mercado livreiro.
  • Brasília, capital da Utopia: visão e revisão
    Uma visão ampla de aspectos pouco tratados na literatura sobre Brasília, até à retomada de Brasília pelo povo após a morte de Tancredo Neves. A rica bibliográfica muito ajudará todos os que desejam ter uma visão completa do que foi e do que é a Capital de Brasília. 1ª 1985. 233p.Brasília, Thesaurus, 1993, ilustrado, 223p.R$ 22,00
  • A quadratura do Ó; ou a maravilhosa história do fanzoca que idolatrava Emilinha Borba. Romance com capa de Inácio da Glória. 
    Um texto irreverente e provocativo centrado nas figuras de travestis que vivem suas vidas marginais desde os tempos dos programas de auditório da Radio Nacional (Rio de Janeiro) até a repressão do movimento militar de 1964, onde surge o personagem Mércio que, depois, continua no romance Horizonte Cerrado (ver). No julgamento de um crítico, é um texto almodovariano antes do surgimento do próprio Almodóvar.
  • Calzoncillos con Nubes o si prefieren SOS Colombia. 
    Poemas e textos originais do espetáculo musical montado na capital colombiana em momento conturbado da vida política do país vizinho, com ameaças partidas de grupos militares e da extrema esquerda para impedir a estréia, por causa de seu caráter um tanto anárquico conforme os padrões doutrinários do período. Bogotá: Teatro Popular de Bogotá, 1973. 
  • De Creencias y Vivencias. Uma plaquete com o texto original do longo poema que depois foi transformado em programa de rádio pelo produtor venezuelano Napoleón Bravo, sob a direção de Ibrahim Guerra. Caracas, Venezuela. Tipografia Remar, 1969. 17p. Livro de poesias com capa de Carlos Poveda.
  • La Fuga: anticuento. Tradução de Lucrecia Manduca. O anticonto com seu estilo vanguardista, de metalinguagem, escrito originalmente no Rio de Janeiro (1966) cujos originais em Português estão desaparecidos. Caracas, Tipografia Remar, 1969. 33p. Veja e versão em português: A Fuga (PDF 45,3KB)
  • Pop Poemas & Concretos. Caracas:[Facultad de Humanidades, Universidad Central de Venezuela], 1968
    Edição mimeografada, rústica, de poucos exemplares.
  • Cuerpo que los dias.Coletânea de poemas escritos entre 1958 e 1967, a maioria de viés mais líricos, outros de crítica social.  Poemas publicados em Caracas. Faculdade de Humanidades, Universidade Central da Venezuela, 1967. 31p.
  • Versos Itinerantes. Amazônia.Versos escritos a partir de uma viagem pela região amazônica no início da década de 60 do século passado, vertidos ao castellano por amigos do poeta.  Caracas, 1967. 61p. Com ilustrações de Rubem Chávez.
  • Vatemago. Poemas lúdicos verbo-visuais.
 



 

 

 
 
 
Home Poetas de A a Z Indique este site Sobre A. Miranda Contato
counter create hit
Envie mensagem a webmaster@antoniomiranda.com.br sobre este site da Web.
Copyright © 2004 Antonio Miranda
 
Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Home Contato Página de música Click aqui para pesquisar