Home
Sobre Antonio Miranda
Currículo Lattes
Grupo Renovación
Cuatro Tablas
Terra Brasilis
Em Destaque
Textos en Español
Xulio Formoso
Livro de Visitas
Colaboradores
Links Temáticos
Indique esta página
Sobre Antonio Miranda
 
 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

JORGE ANTUNES

(Brasília, Brasil)


Fonte>  POEMAS. Coletivo de Escritores do SEDF.  Brasília: Sindicato dos Escritores no Distrito Federal/ Cultura Gráfica e Editora, 1990

Biografia publicada em 1985:

 

Compositor, Maestro e Professor do Departamento de Música da Universidade de Brasília. É apontado pela crítica internacional como o nome mais representativo da vanguarda musical brasileira. Preconiza a prática a integração das artes. Escreve poemas nas horas vagas.

 

 

ANTOLOGIA DE POETAS DE BRASÍLIA.   Rio de Janeiro, DF: Shogun Editora e Arte Ltda, 1985.  140 p.  Coordenação editorial: Christina  Oiticica.

[Este exemplar foi doado por Carlos Edmundo da Silva Arnt, que tem seu poema na p. 27, para a biblioteca da Caixa Econômica, de Brasília, em 1985. A empresa se desfez do acervo e este exemplar foi para a livraria “sebo” de nosso amigo José Jorge Leite de Brito, que por sua vez nos doou um lote de livros para ajudar na montagem de nosso Portal de Poesia Ibero-americana, em 2021. A editora explicava: “Se você é um autor novo e quer editar seu trabalho, fale com a gente.”, na intenção de promover a criação literária entre os jovens. ]

 

 

RITUAL DE MOMO

cor negra — cavernal.
vermelho — cor venal.
celeste — cor naval.
policromo — carnaval.

carnaval, ritual nerval.
atritos de odor, gritos ao redor.
alívio mental. sentimental.
gostoso ar. gotas de suor.

gotas de suor. gosto de suar.
saiotes, decotes, cogotes.
rua, lua, nua. suor ao luar.
mulata, motejos, motes.

motes, maus trotes, tratos.
corpo preto. cor preta. corpete.
malícia. maltes. mulatos.
conforto. flerte. confete.

confete. confronto. conflito.
capoeira, com poeira, só poeira.
só um gesto, só um gosto — soa um grito.
cegueira. se esgueira — sangueira.


sangueira. sambeira. sambista.
cuíca. com eco. som rouco.
passagem, possante passista.
caboclo, cabocla — que bloco!

 


*

 

VEJA  e LEIA outros poetas do DISTRITO FEDERAL   em nosso Portal:

 

http://www.antoniomiranda.com.br/poesia_brasis/distrito_federal/distrito_federal.html

 

Página publicada em fevereiro de 2021

 



Voltar à página de Poesia Visual Voltar ao topo da página

 

 

 
 
 
Home Poetas de A a Z Indique este site Sobre A. Miranda Contato
counter create hit
Envie mensagem a webmaster@antoniomiranda.com.br sobre este site da Web.
Copyright © 2004 Antonio Miranda
 
Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Home Contato Página de música Click aqui para pesquisar