Home
Sobre Antonio Miranda
Currículo Lattes
Grupo Renovación
Cuatro Tablas
Terra Brasilis
Em Destaque
Textos en Español
Xulio Formoso
Livro de Visitas
Colaboradores
Links Temáticos
Indique esta página
Sobre Antonio Miranda
 
 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Foto: https://www.cultura930.com.br/

 

VINICIUS COMOTI

 

"Camoti escreve poesia como se proferisse imprecações. São anátemas na linguagem mais chã, mas que mantém a força poética, pela qualidade das suas imagens; por ser alguém capa de "sonhar na vereda global no oco da lágrima". Passa do contemplativo ao alucinado, da limpidez das "cadeiras vazias onduladas pela poeira" até os "pirarucus no asfalto ao vento"; ou, paroxismo, ao enxergar "as olheiras de nijinsky desenhadas no pátio da escola pública."

(...)
"Série de alucinações? Não — ou não apenas. Antes, registros de uma poesia contemporânea brasileira que, cada vez mais, se afirma como negação e superação do que está aí, do presente estado de coisas. Que, cada vez mais, está aí e se excede. Que, cada vez mais — felizmente. A loucura lúcida, confrontando a falsa racionalidade destruidora da vida."
CLAUDIO WILLER
 

 

COMOTI, ViniciusBagarocas. São Paulo: Lumme Editor, 2020.  
64 p.  16 x 23 cm.        ISBN  978-65-00-07853-4   Ex. bibl. Antonio Miranda   




COMOTI, Vinicius.  Rabicó de puto.  Ilustrações da capa: Geraldo Leão. Curitiba: Kotler Editorial, 2019.   108 p.    15 x 21 cm.  
Ex. bibl. Antonio Miranda

 

"Aqui ele radicaliza. Sua linguagem fica no caminho do punhal, Concisão como espeto. Devaneio, surreralismo & alegria. Escrita do prazer. Mesmo abordando o cruel, suas imagens é que realmente levam ao Prazer."
GUILHERME ZARVOS 

 

o cambitinho no bosque
comendo nhoque
e palitinhos de porco


a braguilha molhada
pelos pingos do mijo
pisou na merda
acordou rico



a ofensa
do vazio
me escaldou


as imagens espatifaram
o versinho
na máquina de lavar


baralho viciado
século vencido


o filme noir
queima a ponta dos sonhos
no batizo da madrugada


no meio da paranóia o corredor escuro
a voltinha se transformando em nunca mais
algum intruso

  

de salada
para fritura
a sua frescura

 

 

 

Página publicada em novembro de 2020                       

        

 

 

 

 
 
 
Home Poetas de A a Z Indique este site Sobre A. Miranda Contato
counter create hit
Envie mensagem a webmaster@antoniomiranda.com.br sobre este site da Web.
Copyright © 2004 Antonio Miranda
 
Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Click aqui Home Contato Página de música Click aqui para pesquisar